sábado, 19 de março de 2011

Mensagem Urgente a Terra – Comando Ashtar 14/03/2011

Meus Amigos (as)!
Nesta semana tivemos bastante ocupação com a Engenharia Social”, movidos à dinheiro, os métodos  lembram os princípios filosóficos da Arte da Guerra do mestre Sun Tzu.
Pagamos primeira parcela do resgate da alma e na próxima semana o saldo final. De brinde ganhamos os direitos autorais da história.
Ficamos exaustos e desanimados, mas quando abrimos os e-mails nesta manhã, apesar dos pesares nipônicos, recarregamos as baterias, tendo novas idéias na meditação matinal.  
Acumularam-se e-mails, mas este divulgamos de imediato, se alinha com nosso coração, assim como várias mensagens que estamos recebendo dos Irmãos das Estrelas, traduzidos e compartilhados pelos Trabalhadores (as) da Luz.
O foco são as inquietações da crosta terrestre e as interferências no destino dos seus povos, tudo em sintonia e sob o comando da Engenharia Cósmica e seus zeladores.
Assistam ao vídeo abaixo, e na mesma fonte youtube podem assistir outros igualmente maravilhosos e esclarecedores.
http://www.youtube.com/watch?v=3PHb9YOPwzQ&feature=player_embedded
O comunicado é de interesse geral.
A falha de San Andréas preocupa aos Irmãos do Comando Ashtar.
“A costa oeste dos EUA, especialmente a Califórnia, é um dos lugares com a maior atividade sísmica do planeta. É ali que se encontra a conhecida falha de San Andreas, uma gigantesca rachadura visível de 1300 km de extensão que marca os limites entre as duas maiores placas tectônicas do planeta: a placa norte-americana e a placa do Pacífico.”
Ao mesmo tempo o Presidente Obama e sua comitiva se encontram no Brasil.
“O presidente dos Estados Unidos Barack Obama chegou às 10h27 deste sábado ao Palácio do Planalto, em Brasília, para encontrar a presidente Dilma Rousseff. A primeira-dama Michelle Obama também estava no local. Acompanhado dos representantes do cerimonial brasileiro, Obama subiu a rampa do Palácio do Planalto, honraria reservada a chefes de Estado. Michelle entrou por outro acesso. Ao lado de Dilma e do ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, eles ouviram o hino dos Estados Unidos, seguido do hino brasileiro. Obama chegou à praça dos Três Poderes com 27 minutos de atraso.

Ele terá uma rodada de reuniões com a presidente Dilma. Ao longo do dia, participará de encontros com empresários brasileiros e americanos em duas ocasiões, no Fórum de CEOs, com dez executivos de cada país, e na Cúpula Empresarial Brasil-Estados Unidos.

Obama desembarcou na base aérea de Brasília por volta das 7h30 para sua primeira visita de Estado ao País, acompanhado da mulher e das filhas Malia e Sasha.

Com uma comitiva de cerca de mil pessoas,...”
Logo agora que nossos bons amigos das estrelas querem nos contactar. 
Cientistas dos EUA querem usar lasers para limpar o lixo espacial
Por Leonardo Carvalho, Atualizado: 15/3/2011 13:10
http://tecnologia.br.msn.com/noticias/artigo.aspx?cp-documentid=28010007
"Laser de baixa potência seria usado para desacelerar objetos para que eles reentrem na atmosfera de forma segura

No fim do ano passado, os russos divulgaram um plano para resolver o problema do lixo espacial, cada vez mais crescente e preocupante –. Agora, em um déjà-vu que nos lembra os tempos da corrida espacial, é a vez dos EUA anunciarem sua solução. Diferentemente dos russos que confiariam em uma espécie de cápsula limpadora que seria enviada para o espaço exterior, os americanos preferem brincar de tiro ao alvo, usando o bom e velho laser.

James Mason, cientista da NASA, apresentou uma ideia que pode ser um pouco mais barata do que os US$ 2 bi necessários para colocar o plano dos russos em prática. A ideia é disparar lasers contra os objetos para que eles reduzam sua velocidade a ponto de reentrar na atmosfera, caindo em um lugar seguro."

"Isso não é necessariamente uma novidade. A Força Aérea dos EUA já haviam cogitado a solução mas ela não foi adiante pelo temor de que um laser potente o suficiente para abater um objeto no espaço poderia ser mal visto por outras nações.
Mas Mason e sua equipe afirmam que é possível usar um sistema de baixa potência para fazer o trabalho. Segundo o estudo um laser de 5KW seria suficiente, contanto que ele fosse disparado por uma hora por ou duas durante alguns dias.
O custo da operação, segundo o estudo, ficaria na casa de US$ 1 mi.
O problema com o lixo espacial começa quando o número de satélites – operantes e inoperantes – supera o número de objetos que caem na atmosfera. A superpopulação de objetos orbitando o planeta pode causar colisões, reduzindo os objetos a pedaços menores e criando um efeito cascata que poderia causar muito estrado na Terra.
Até janeiro de 2009 isso era apenas uma teoria catastrofista. Naquele ano, os satélites Cosmos 2251 e o Iridium 33 se chocaram e cientistas passaram a tratar a ameaça como algo mais urgente."
Fonte:  Technology Review
Vamos conectando as notícias e observando os encontros políticos.

Eu sou Arcturiano, na Paz e Alegria a serviço do Criador







 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário